5 de nov de 2012

A Rua dos sete sentimentos


Eu sempre passava naquela rua ,ela me parecia solitária , isolada.A cada canto de esquina morava uma solidão , eu ate passava rápido , mas nunca pensei que aquela rua iria tantos sentimentos envolvidos .
   Eu sempre detestava o jeito em que você dava em cima das meninas, e detestava o seu jeito de rufião . Eu nem te ligava , pois ate mesmo você  não servia para mim . Você começou a se aproximar de mim , e eu no meu jeito inocente de nunca sacar as coisas na hora certa não entendi sua estrategia . Eu não era uma menina muito interessante só minhas opiniões não eram igual das outras que eram fúteis , eu simplesmente tentava buscar a verdade no meio de tantas mentiras e enganações . Você começou a se aproximar de mim e sempre descíamos aquela rua que virando dava em sua casa ,sempre conversando você tentava fazer eu começar a se interessar por você mas eu não via um ponto positivo ,minha SABEDORIA  , ate por eu ser mais nova que você , já ti ultrapassava , e parecia que eu tinha uns dez anos a mais que você .
   Mesmos com suas idiotices,comecei a gostar do seu jeito , mesmo sendo galinha . Os papos já não eram de amigos, pelo menos o seu , mas você queria de alguma forma melancolosa  de me conquistar . Sua VAIDADE era tanta que eu acho que depois que me conheceu , um kilo de perfume era pouco , mas eu confesso ele me seduzia . De pouco ,a  , pouco você conseguiu me conquistar ate que marcamos naquela mesma rua de agente ficar, e foi ali que agente deu nosso primeiro beijo .
   O tempo foi se passando e agente sempre marcando naquela mesma rua de se encontrar , e me parecia que aquela solidão de cada esquina começou a desaparecer quando eu estava com você , mas quando não estava ainda tinha medo . Começou a surgir , uma coisa meia estranha , eu não sabia distinguir  mas eu achava que era AMOR .
   A cada ponto daquela rua , eu lembrava aonde nós ficávamos , e isso surgiu um sentimento que me  fazia sentir ALEGRIA  de passar ali e ver pada ponto , se tivesse uma luz iluminando , aquela escuridão finita , parecia que aquele sentimento era igual a sangue frio que corria em minhas veias ate chegar em meu coração . 
   O tempo foi se passando e agente sempre iluminando aquela rua mais , já não era tão escura quanto parecia , agente sempre ia marcando mais pontos , mas um dia não tinha mais e agente teve que começar a repetir, e eu pensava que mágica é essa que nos envolver e faz que cada vez mais nós desfazemo desta escuridão ? 
Em um dia naquela rua , foi o dia que eu fiquei , mais surpreendida e emocionada , com uma coisa tão simples você conseguiu a me impressionar , e eu iria guardar aquele momento para o resto da minha vida ,era um gesto tão simples , tão meigo , que se fosse outro garoto , iria achar uma estupidez e criancice , mas eu não achei . Quando você tirou um pedacinho de papel do seu bolso e  me entregou eu fiquei sem saber oque era e não conseguia ler porque estava muito escuro , ai então você falou , que oque  estava escrito ali, só ele poderia ler , ate mesmo porque a letra dele não era boa , mas que ele falava em voz alta e sabia de cor , então ele disse :Quer namorar comigo ? No momento eu não sabia oque dizer e só saiu um sim dá minha boca , ate que ele me deu um beijo.
     Coloquei o papel em meu bolso e voltei para casa , acho que nem estava enxergando direito , de tão dispersa que estava , mas me lembro que quase um carro me atropelou .Cheguei em casa não acreditei o que estava acontecendo então resolvi ler o papelzinho de novo para ver se eu não estava sonhando , e vi que o papel não estava no meu bolso e comecei a caçar feito uma louca , e resolvi voltar para a rua para caçar o papel . 
   Comecei a subir igual um louca , mas o que me esperava era bem pior do que eu não encontrar aquele papelzinho , fui  comecei a subir a rua da escuridão , já não era tão escura quanto antes , mas eu sentia medo do que estava por vim . Olhei bem aonde estávamos e o papel só poderia estar ali  , e vi um casal  ficando naquele mesmo lugar e não acreditei , o casal logo tinha que estar ali , naquele momento . Mas quando comecei a chegar mais perto , e a mais perto , não era um simples casal , era alguém que eu conhecia, e percebia que estava sendo traído logo na minha primeira hora de namoro . Não sei qual foi minha reação , não sei se era TRISTEZA ou coisa assim só sei que sentei no meio da rua e comecei a chorar,  voltei para minha casa e coloquei minha cabeça no travesseiro e ele se encharcou .Mas ainda tinha ESPERANÇA  de tudo aquilo ser mentira e eu acordar daquele  sonho. Depois de algumas semanas eu comecei a sentir ÓDIO  de tudo que aconteceu , dá rua ,do escuridão , do bilhete , do cheiro , e acho que esse foi o melhor jeito de te esquecer .
   Desde então não passo mais na rua , prefiro  passar por outra , ou pelo outro lado do bairro , mas nunca mais quero lembrar sua cara  babaca  que pensava que mim enganava , mas enganava você mesmo . Agora eu não sou como antes mais uma experiencia para contar minha filha e não deixar que ela caia em outro cafajeste igual a você .
                                                                                                       ThaysaR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário